Você está em: Meio Ambiente > Apresentação
 Home Empresa Apresentação Acionistas Diretoria e Conselho de Administração Estatuto Social Demonstraçães Financeiras Prêmios Usina Projeto Localização Meio Ambiente Apresentação Licenciamento Ambiental Projeto Básico Ambiental (PBA) Memória Viva Sistema de Gestão Ambiental Social Remanejamento da População Infra-Estrutura para as comunidades Depoimentos Projetos Sociais Desenvolvimento Apoio aos Municípios Pesquisa e Desenvolvimento Apresentação Legislação Temas para Investimento em P&D Projetos Imprensa Últimas Notícias Expediente Banco de Imagens Multimidia Contato Programa de Visitação Endereços e Contatos

Clique aqui para ver a versão eletrônica do Guia da Fauna da Usina de Campos Novos (PDF).As ações ligadas ao meio ambiente na implantação da Usina Hidrelétrica Campos Novos estão atreladas ao Projeto Básico Ambiental (PBA) do empreendimento. Síntese maior da preocupação com as questões sócio-ambientais, o PBA da Usina Hidrelétrica Campos Novos tem sido guiado de forma participativa.

A implementação dos programas que compõem o PBA do empreendimento vem ocorrendo através do estabelecimento de parcerias com a população e os órgãos públicos competentes. Essa prática vem fortalecendo cada um dos programas como um projeto coletivo, voltado ao desenvolvimento da região de influência do empreendimento.

Programas Ambientais

Os programas e projetos do PBA, 16 ao todo, mostram um conjunto de medidas mitigadoras e compensatórias que, cada uma a seu tempo, estão sendo implementadas conforme o avanço do empreendimento.

Entre os programas desenvolvidos estão: educação ambiental, preservação e salvamento das espécies vegetais e animais - através da criação de viveiros e da plantação de mais de 240 mil mudas nativas no entorno do reservatório-, remanejamento e indenização das famílias, resgate histórico e cultural dos municípios que possuem áreas atingidas pelo empreendimento, implantação de uma Unidade de Conservação e desenvolvimento de um Plano de Conservação Ambiental e Uso do Entorno do Reservatório.

Parque Estadual Rio Canoas

Um dos programas do Projeto Básico Ambiental (PBA) da Usina Hidrelétrica Campos Novos é a implantação de uma Unidade de Conservação. O resultado deste programa foi a implantação do Parque Estadual Rio Canoas.

A área para implantação do parque - 1200 hectares, o equivalente a 18 mil campos de futebol - foi doada pela Enercan ao Governo de Santa Catarina. A empresa buscou implantar a Unidade de Conservação na própria região onde a UHE Campos Novos foi construída - às margens do rio Canoas, próximo à localidade de Barra do Rio Ibicuí, no município de Campos Novos. Antes de comprá-la, a Enercan fez uma avaliação ecológica que apontou as características que tornaram a área ideal para a instalação do parque. Entre elas, a presença de espécies vegetais em extinção, como a araucária, a imbuia e o xaxim, e mais de 350 espécies animais.

O trabalho de recuperação das áreas degradadas do parque será financiado pela Enercan e supervisionado pela Fatma. Além dos benefícios ambientais, o parque será uma opção de lazer para os moradores da região, um ponto propício para pesquisas científicas e atividades de educação ambiental e uma alternativa de fonte de renda para o Estado, através do turismo ecológico. O nome da Unidade de Conservação - Parque Estadual Rio Canoas - foi escolhido após consulta pública aos moradores de Campos Novos.

O Parque estadual Rio Canoas foi criado pelo Decreto nº 1.871, de 27 de maio de 2004 - é uma unidade de conservação da floresta ombrófila mista ou floresta de araucária.

Fauna e Flora

O PROGRAMA DE MONITORIZAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA FLORA E DA FAUNA foi dividido em seis projetos que vão desde a implementação de um viveiro florestal, passando pelo monitoramento da fauna e da flora da região, até o desenvolvimento de trabalhos específicos de educação ambiental. A plantação de cerca de 240 mil mudas de árvores nativas na Área de Preservação Permanente (APP) e a implantação do Parque Estadual Rio Canoas também foram ações realizadas dentro deste programa.

Para fazer o trabalho de monitoramento e preservação da Fauna e Flora a Enercan contratou uma empresa e instalou no município de Celso Ramos um Centro de Salvamento de Fauna e Flora (CESFF). No local, uma equipe de cerca de 15 pessoas - entre biólogos, técnicos agrícolas, auxiliares e gerência – desenvolveram várias ações durante a construção da Usina.

Na sede do CESFF foi montado um espaço de visitação pública onde foi desenvolvido um trabalho de educação ambiental com as crianças e escolas da região. Foram expostos painéis, folhetos educativos, fotos e animais conservados – tudo relacionado à região e aos cuidados com o meio ambiente em geral. Os alunos das escolas que passaram pelo local, e também a comunidade, conheceram os viveiros de mudas, onde foram cultivadas as espécies que numa etapa seguinte foram plantadas na Área de Preservação Permanente do lago da usina.

PROGRAMA DE MONITORIZAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA FLORA E DA FAUNA

-Projeto de Implementação de Unidade de Conservação (Parque Estadual Rio Canoas);
-Projeto de Implementação do Viveiro Florestal;
-Projeto de Recuperação e Implementação da Vegetação Ciliar do Reservatório;
-Projeto de Conservação, Manejo e Aproveitamento Científico da Flora;
-Projeto de Monitorização, Resgate e Aproveitamento Científico da Fauna;
-Projeto de Salvamento e Monitorização da Ictiofauna.

MONITORAMENTO DA FAUNA - Uma grande ação com a fauna nativa da região da usina também foi realizada durante a implementação deste programa. Durante aproximadamente três anos um trabalho de campo foi desenvolvido em áreas escolhidas previamente. Mensalmente os biólogos monitoraram estas áreas e verificaram as espécies de aves, mamíferos, répteis e anfíbios que vivem na região.

Clique aqui para ver o Guia de Fauna da Região da Usina de Campos Novo (em PDF*).

*Necessário ter instalado o programa Adobe Acrobat Reader, caso seu computador não tenha suporte para este arquivo, clique aqui para instalar.
© Copyright 2011 Enercan - Campos Novos Energia S.A. - Todos os Direitos Reservados